29 de abr de 2010

27 de abr de 2010

Carta De Um Tímido Qualquer
























*Originalmente, esse texto era uma música. Para ouví-la (peço desculpas pela gravação amadora de um cantor muito mais amador que a gravação rs) clique aqui.

22 de abr de 2010

9 de abr de 2010

Parêntesis

Coisa mais bonita. Ontem, a Dai (o docinho de côco), lá do Baú da Maya, escreveu um tanto de coisa bacana, que nem quero contar. Dê um pulo por lá pra ler. Clique aqui!

* Beijão, querida. Adorei o texto. Agora estou devendo o "Amor Doação" hehe Em breve, doce.