24 de jan de 2011

Exílio


12 comentários:

Talita Prates disse...

adorei, Luc!

bjo.

Talita
História da minha alma

Sentimental ♥ disse...

hum, depende.... saudade é bom qndo acaba, verdade, mas e aquela saudade boa q povoa o pensamento com momentos deliciosos mas q não tem como trazer a pessoa amada pra perto? se ela acabar, como fica?

Nathalia Pacheco disse...

amo isso aqui! Parabéns sempre

dizcorra disse...

A saudade é uma âncora mesmo...melhor navegar...

Abraço!

Dai disse...

Aí sim. É assim que eu gosto!

Sim, sentir saudade é gostoso e tra la la la la, mas VIVER de saudade. Só para os chatos dos românticos que só sabiam suspirar e idealizar, e se matavam aos 20 anos (às vezes morriam de tuberculose, mas isso não vem ao caso agora).

beijo!

Lucão disse...

hehehe
eu sabia que vc ia falar alguma coisa assim, Dai...
rs
mas é um caso específico, de exílio, de distanciamento sem previsão de encurtamento rs

:****

Dai disse...

Eu vi no título. Mas pra mim esse tipo de distância que dá o tom certo pras coisas. É fácil dizer que gostamos de saudade quando a possibilidade do reencontro é certa. Pra mim esse sentimento gostoso recheado de lembranças a que chamamos saudade, nada mais é que a felicidade antecipada pela certeza da presença. A gente gosta da presença iminente e não da falta.
Quando a falta é inevitável ou o sentimento se transforma ou a gente só quer acabar com ele (seja pelo esquecimento, seja pelo reencontro).

Bom, é o que eu acho ^^

Beijo!

Albuq disse...

Belo.

Liza Leal disse...

Qdo se mata essa danada, as coisas mudam de rumo msmo.

=)
bj, Luquinha!

Kássia Reis disse...

Saudade boa é saudade morta. Nada a acrescentar. Estás coberto de razão!
Beijos, Lucas! :)

Camila Lourenço disse...

Profundo e sincero...
...

Até hoje não me decidi se gostou ou não da saudade.
É gostoso matá-la... mas e quando sua condenação é continuar vendo a viver em você ?
E o o tempo da duração da saudade que vai morrer?

Dúvidas... juro, nunca me decidi se gosto ou não e acho que nunca vou me decidir.
Beijo!

Nomundodalua disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
adorei..deixa de ser saudade quando se mata né? mas vamos deixar nesses termos perfeitamente "entendiveis"
:P :*