17 de mar de 2011

Telefone


14 comentários:

Janaína disse...

Nem me fale em coração...

Sentimental ♥ disse...

foi nessa época q descobriram as borboletas no estômago...

Wania disse...

Ahhh, Lindinho demais!




Talvez o carteiro ocupasse este papel... rsrsrs!

Bj, Lucão

Kássia Reis disse...

..hum... uma carta perfumada? Uma graça de texto! Amei!
Beeeijo!

Michele P. disse...

Vivia das cartas e dos lenços perfumados. :)


Um abraço e um afago!

Camila disse...

KK, gostei disso, dei uma boa pensada (:

evandro mezadri disse...

Muito legal, gostei do estilo.
Grande abraço e sucesso!

Fábio Romeiro Gullo disse...

Salve, Lucão!

Conheci teu blog pelo gatodaodete. Mto bom este poema, e mto bons outros tb, tu tens uns aforismas simplesmente brilhantes. Parabéns pelo humor e pela sensibilidade.

Grande abraço,

Fábio Romeiro Gullo

Nadima Chalup disse...

Boa pergunta!

Lucão disse...

Opa, que legal! Novas visitas...
obrigado pelo carinho.
O canto é nosso, meus queridos.
:)

mais_ju disse...

fofo!

Renas disse...

Lucao, parabens pelo seu blog! :)

Gostaria de saber qual a font tu usou nessa imagem? É tão adorável. Manda o nome pro meu email. :) trinitycs@hotmail.com

Jéssica V. Amâncio disse...

hahahahaha muito criativo!!! adorei

Liza Leal disse...

Kda vez melhor, hein!
Vejo q nao posso demorar mto a vir aqui... Não quero mais sair. rs


bjok