8 de set de 2010

Desabafo


22 comentários:

Raquel Diniz disse...

Que Jóia que ficou.. muito bom.. realmente o importante é marcar a vida das pessoas e deixar boas lembranças!

amei..
bjs

Pensamentos Diretos disse...

Lucão, lokissimo esse verso! vou colocar ele no meu blog depois posso???? com os devidos créditos??

depois......... parabéns cara um dos melhores q vc jah fez!!!

Pérola Anjos disse...

Que intenso isso, Lucao!

Não deixar saudades é como passar despercebido pelo mundo.. E o mundo é tão grande!

Beijos!

Sentimental ♥ disse...

o duro é deixar a vida acontecer sem fazer nada de interessante...

Luna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luna disse...

=~~~~~~

por isso que quero passar na vida das pessoas deixando muita cor.

tu diz sempre coisas lindas, porém tristes, em tão poucas palavras, fazendo a gente refletir. eu hein,rs.

eu escrevo km, e não digo nem metade do que tu diz.

beijos.

Lucas Gondim disse...

Caralho essa ficou muito boa. Parabéns. Nessa você acertou em cheio.

Dai disse...

Gostei demais, mesmo.

O que foi dito casa muito bem com o filme The Bucket List. O personagem do Morgan Freeman conta que na antiguidade os egípcios acreditam que o lugar para onde você ia apóa a morte dependia apenas de duas perguntas:
1 – Você teve felicidade na sua vida?
2 – Você causou felicidade na vida dos outros?

Acho que o conceito de felicidade é tão vago, mas que pode ser medido por sua percepção em ver o tempo passar e o que você faz com esse tempo. Felicidade é não ter a vida tão acelerada a ponto de não poder nem vagar, nem divagar. É perceber que a saudade que sente não é um sentimento em si, mas que só dá saudade daquilo que a gente mais gosta. Momentos de felicidades são aqueles em que sentamos pra escrever e dizer um pouco de nós, mas ao dizer mentimos e mentindo as vezes demonstramos. Ser feliz é querer que a verdade sempre prevaleça, e que ela é bonita sim, dita ou escrita (mas escrita dura mais). É não permitir que o convívio desafie a separação, mas que a saudade sempre ganhe dos dois. Enfim, ser feliz é ter o amor como base, achar que o amor é sempre algo que se coaxa, co-acha e coopera junto.

Como dizia Guimarães, felicidade são momentos embrevecidos: breves, mas embevecidos.

beijos

Raquel de Carvalho disse...

Perfeitooo, Lucão...
aliás, como sempre...tudo por aqui é mto bem escrito!
Gosto d+++! Fazia tempo q nao passava por aqui... Faz bem!!!!!
Beijosss

Albuq disse...

é triste, passar pela vida sem deixar saudades...

Renata de Aragão Lopes disse...

Despercebido...

Ana B. disse...

sobre uma verdade dessas, tão bem expressa, nem tenho nada a declarar...

mais uma vez, ficou mto bom!

=)
=*

Luna Sanchez disse...

Verdade, deve ser uma das piores sensações, como se nada do que fizemos tivesse importância, né, Lucão?

Beijo pra ti, sumido.

ℓυηα

contagotas disse...

Saudade doi, pra quê deixar?

Carolina disse...

na verdade, tudo isso é duro.

Nanda disse...

E pra tudo viver intensamente, porque assim rastros de saudade são inevitáveis.
Teu blog é um dos melhores, sem dúvida!

beijos

j. disse...

Realmente, muito bom os versos!

A passadinha diária aqui já não é despercebida =)

Marina disse...

Talvez seja egoísmo preferir deixar pessoas sofrendo com a nossa partida a não causar nenhum sofrimento. Prefiro ser egoísta a não ser amada.

Lindíssimo. Beijos.

Lu e Na disse...

É duro mesmo.
Mas, tem coisa pior...

;)
Na

Lucão disse...

:) obrigado, meus queridos.
mas acho triste mesmo pensar na possiblidade de nao deixar saudade.
Por isso (mas não só por isso) é bom parar para pensar no que estamos fazendo para os outros.
digo ainda que as pessoas verdadeiras deixam mais saudade ainda, por mais que algumas verdades doam.
:)

Jéssica V. Amâncio disse...

E quanto medo temos disso às vezes, não é mesmo?

Bruna Veloso disse...

Amei esse post, assim como todos os outros, adorei teu blog :)