6 de ago de 2015

Jornada

Quão duro
é o caminho
de um poeta
que perdura
na jornada
de partir sozinho
rumo ao nada.


Nenhum comentário: