12 de set de 2015

Uma casa pra você voltar



Imagine uma casinha de campo, bem simples, mas bem bonitinha. Imagine você chegando nessa casa, por uma estrada bem feitinha, cercada de flores, de árvores e cuidada pelos passarinhos. De longe você vê a casa com uma fumaça fugindo pela chaminé. O café já está pronto. Um cachorro vem correndo, balançando o rabo pra te receber e te levar até a porta lateral da casa. Você olha para dentro e percebe que está na cozinha. Na mesa, o café, alguns pães de queijo, um bolo de fubá... e você. Só você. Então você se senta à mesa, pega o bule, coloca um pouquinho de café na xícara, ajeita um pão de queijo e come. Bebe um pouco do café, corta um pedaço do bolo e fica ali, contemplando essa vidinha boa por horas. O tempo vai passando, mas você nem percebe, só aproveita aquilo tudo feito pra você. Passa quase que o dia ali... até que chega a hora de ir embora. Então você se levanta, tampa tudo com cuidado pra não dar mosquito, sai pela mesma porta que entrou, o cachorro já está deitado de preguiça, de tão calmo que é o lugar. Você pega a mesma estrada que te trouxe até ali, ouve os pássaros cantarem pra você ir... mas você sabe que eles cantam mesmo é pra você voltar. E você segue, sem esquecer daquela casa no meio do campo, sozinha e tranquila. Você segue com a certeza que, em breve, você vai voltar.
Isso é amar-se.

Nenhum comentário: