4 de mai de 2010

Verdades


16 comentários:

Ana B. disse...

será q não dói?
sei não...

uehehe

mas acho q é estalo mesmo x)

e, como sempre, ficou uma graça!

Raquel de Carvalho disse...

Acho que é estalo mesmo!!!! Vem e PUFFF!!!! Pronto!!!
kkkkkkkkkkkk
Adorei, querido... um amor, chega estalou!!!
Beijossss

Fouad Talal disse...

sei não hein lucão!

esses pichadores hoje em dia...

Acho que a resposta pro que o amor é está logo atrás dessa porta vermelha... não é a toa que está escrito nela!

Abração rapaiz!

Sentimental ♥ disse...

amor não dói, a gente é q não cuida dele e depois fica reclamando.
bjs

Luna Sanchez disse...

Exato, não dói. O que nos doem são as pessoas. ;)

Beijo, Lucão.

ℓυηα

Lara Amaral disse...

=)

Muitos estalos para vc!

Dai disse...

Pois dessa vez eu vou ter que discordar, tá(só dessa vez ^^)?
Eu acho que amor se contrói sim, dia a dia, na convivência, da mesma forma que pode ser desconstruído se não cuidarem direitinho dos alicerces.

O que eu acho que é estalo é a paixão, essa sim, vem de uma hora pra outra, te leva, carrega e consome. Essa vem com tudo, mesmo quando a gente não pede. O amor não, o amor tem que ser sempre convidado.

beijos

Dai disse...

e as vezes a gente convida mesmo sem perceber

;)

Estefani disse...

Será? =)

Moço ontem me empolguei por aqui com seu trabalho, não pense que sou doida, pois saí comentando em vários...hehe

Beijo querido! =***

Susyanne Alves disse...

Há quem ignore esse estalo.
Infelizmente..

bj
Susy

Grafite disse...

e viva ao amor!
:D

beiijo

Mariah disse...

dói sim e como dói.

Anônimo disse...

entre a porta vermelha e o tijolo,construir uma parede de amor , deu calo no peito que se transformor em dor.muito bom

cantinho she disse...

Amor é estalo! Amei isso! Bjo, bjo!

Lucão disse...

será que dói msm?
Acho que o amor em si não doi (né Dai?) o que dói é o que as pessoas fazem com ele.
Amor é coisa boa, é bichinho do bem.
:)
Mas amor é tanta coisa que é dificil dizer com absoluta certeza...
beijos!

Ariane Fernandes disse...

Curti muito seu blog, e esta "tomada" poética é muito...tocante, eu diria.

seguirei!

abraço!