16 de jul de 2010

Beijoqueiro


17 comentários:

Noe* disse...

Muito bom! Adoro a "dança" que faz com as palavras =)
Beijo =*

Raquel Diniz disse...

kkkkk pq foi correr?

bjs bjs

Sentimental ♥ disse...

ô dó!!!
mas cicatriz no queixo é bonitinho...

Ana B. disse...

quase uma tragédia!

uehehehe

mto bom! como sempre! =)

=*

Pérola Anjos disse...

... E o romance virou tragédia.

Beijos! (sem ironia). rs

Patty disse...

Eu ri muito!!! Aconteceu um fato comigo... um tombo de bike, véspera de um show do Jota Quest... eu não fui! E o beijo tb não aconteceu!
Bjinhos

disse...

Tadinho! kkkk maldade isso rs levanta e faz o beijo acontecer! rs

Luna Sanchez disse...

" - Machucou?
- Machuquei..."


=)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Casa de Mariah disse...

não há nunca um beijo perdido, nunca.

SuSi... disse...

ahhhhhhhhhhhhhhh
mas q beijou, beijou!!! =P

Gabriela Awbooc disse...

Rapaz, tuas poesias são um doce, mas eu nem consegui deixar de lembrar do meu irmão quando era pequenininho. Ganhou um presente, saiu correndo e se estabacou de cara no chão, coitado.
E nem era por mulher! Será que Bandeira me permitiria dizer que aquele presente foi sua primeira namorada também? Haha!

Beijos, Lucão. Não suma!

Lucas Gondim disse...

gostei do texto. singelo e belo...
tem alguma referência direta à peça do nelson rodrigues - o beijo no asfalto?

Lucão disse...

Lucas:
hehehe
e tem. o título quase foi "O beijo no asfalto" hehe
mas pensei que nelson é um "pouco" melhor que isso hehehe

obrigado, meus queridos.
ando meio afastado, mas estou voltando direito.

beijos e abraços!

[ rod ] ® disse...

O beijo e seu medo de perde-se nas intenções!

Abs meu caro amigo.

Raquel de Carvalho disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Tadinho!!!!

Beijosss!

Sylvia Araujo disse...

Muito bom, Lucão. Que ritmo e bom humor!

Beijoca

Anônimo disse...

Passando por aqui, e adorei mesmo esse seu texto. Será que é por isso que tenho uma cicatriz no queixo?

Você escreve muuito!!

Raissa