12 de jul de 2010

O Que Eu Sei Sobre o Amor


21 comentários:

Pensamentos Diretos disse...

Cara, esse ficou muito bom mesmo parabéns meu caro!

Ana B. disse...

falou tudo xD

Thaís Dantas disse...

ADOREI (: No amor não vemos nada de ruim *-*
vi outras imagens e também gostei.
Primeira vez que venho aqui, virei mais vezes.
to seguindo (:

Dany Cavalcante disse...

Espetacular!

Bruna Célia disse...

Isso aí.

Luna Sanchez disse...

É, o amor transforma.

=)

Beijo, Lucão!

ℓυηα

Sentimental ♥ disse...

q assim seja...

Alline disse...

Nunca, nunca mesmo?

Oooolha... rsrs

Beijoss

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

É talvez marcarar
Sem que se possa
Do outro esperar
Igual conduta nossa

:D

Raquel de Carvalho disse...

Maravilha o que vc sabe sobre o amor!!! Sabe muito!
Quem te ensinou?
ehehehe

Beijos

Michele P. disse...

Gosto de vir aqui porque sempre encontro respostas para as minhas dúvidas de amor. rs

Beijos!

Anônimo disse...

eu juro que me deu saudade de ler seus textos, e essa saudade já vem cmg faz tempo!! Continua escrevendo maravilhosamente bem.. ;* Beijos daquela sua amiga Láá do Goiás. Raissa

Estefani disse...

"Onde foi mesmo que eu deixei???!!!..." hehe...

Ainda bem que são só as coisas ruins né?!

Beijos moço! ;*

Lara Amaral disse...

Belo!

=)

Kássia Reis disse...

Visão muito interessante.Ficou Lindo! Saudades docê moço!! Beijo!!

Lucas Gondim disse...

mas rapaz! esse ficou bom de "maz"! :P gostei muito xará!

Dai disse...

Lucas,

Também acho que o amor gera mudança e mais, amar é esconder tão bem o que tem de ruim a ponto de se esquecer dessa parte ruim. E esquecer é poder começar algo novo. Muitas vezes somos condicionados pelas lembranças e não lembrar é uma maneira de formar outra (não necessariamente nova) identidade.

beijo

obs.: gostei muito, você sabe!

endim mawess disse...

gostei do post. acho que ncontrei o dito cujo e guardei de novo.

J. disse...

Ficou lindo o poema, mas eu discordo totalmente da afirmação... (sorry, baby!)

Beijo, Lucão.

Talita Prates disse...

hum... será?

Li hoje e fez muito sentido para mim:
“Muita vida há de se ver passar para descobrir o amor nas falhas.”
(@duduardoo)

gosto de vir aqui, Lucão!

Bjo!

Talita.

Lucão disse...

Pois é.
Não é que isso seja uma verdade absoluta pra mim, mas é uma coisa que acredito e quero mto continuar pensando assim.
Não abrir mão do que somos ou fingir que nao temos defeitos, é tentar ao máximo desgarrar do que temos de pior, do que temos de ruim, pelo bem de um amor... é deixar um pouco o orgulho pra querer o bem de quem está com a gente.
É por aí.

;)

valeu!
bessos! gosto por demais de vocês por aqui.