21 de ago de 2010

Fronteira


10 comentários:

Lugana Olaiá disse...

Não para o louco amor, ou amor louco.
Bjs!

Marina disse...

Convívio é uma coisa bem complicada. Um trabalho de sobrevivência. De sentimentos.

Acabei de surgir por aqui e estou adorando as histórias. Já li umas sete abaixo. Bjs.

Albuq disse...

Concordo em tudo com você! kkk
O convívio é complicado!

Solange disse...

sábias palavras..
bjs.Sol

Lara Amaral disse...

Muito bem colocado, Lucas!

Beijinho em vc.

Pelos caminhos da vida. disse...

Concordo.

Estou dando uma volta pela blogsfera, conhecendo novos espaços,para interagir, conhecer novas pessoas e fazer também novas amizades e, foi assim que cheguei até aqui.

fica aqui o convite para conhecer o meu espaço, serás bem vindo.

beijooo.

Marcelino disse...

Li teus textos até o dia 22/07, gostei de todos, principalmente de Palavras, Iguais na dor, Cena do crime, e Berro.

Renata de Aragão Lopes disse...

"O convívio desafia o desquite."

Excelente frase, Lucão!
Inspiradora...

Beijo,
Doce de Lira

Lucão disse...

quanta visita bacana e nova. obrigado a todos.

é mto dificil amar e lidar com a distância, pois o amor é proximidade tb, né? é tato, contato...
é dificil, mas nao é impossivel tb.
:)

beijos e abraços.

Sentimental ♥ disse...

ou não, a distância as vezes ajuda e alimenta.