7 de dez de 2009

Entre a Vida e o Sonho (Parte I)

(Uma história em verso e em partes. Hoje apresento a primeira, em breve a segunda e a sequência derradeira)
















Pouca paixão 
Lhe sobrara na vida.
Na morte, eram tantas,
Muitas esquecidas.

A maior, sua mãe, 

A mais dura partida,
Fez o seu mundo menor.
Pra saudade, não há despedida.

Vivia por conta

Da vida, das contas,
Da tonta vida de sempre, 
Em volta da rotina pronta.

Acordar, trabalhar e voltar.

Voltar a acordar, trabalhar
E voltar a dormir,
Sem se esquecer de acordar.

(Continua...)

2 comentários:

Iula disse...

Amooor, parece que vai ser uma ótima história. te amo, neném. =*

Ge Dias disse...

vai ser toda em forma de poesia? O começo tá muito legal