13 de mai de 2009

Cara de Pastel



Em uma pastelaria qualquer... Enfermaria qualquer, mãe e enfermeiras disputam a guarda das crianças:

- Pronto, pode pegar o seu bebê.
- Nossa!
- O quê?
- Ele tem uma cara de pastel.
- Deixa eu ver. ah! Desculpa. Toma esse! Dê aqui o meu pastel.
- Olha, não é a cara do pai?
- Sim. Mas o importante é que tem saúde, não é mesmo?
- Coitado! que feio.
- Deixa eu ver. Eita, desculpa! Passa o de carne para cá também.
- E o meu filho?
- Não, obrigada! Estou de regime.
- Cadê o meu filho?
- Aqui!
- Mas esse é de carne. Cadê o de queijo?
- Ei! o meu filho, cadê?
- Pronto, não chora. Olha a enfermeira chegando com o seu de queijo.
- Qual dos dois é o meu filho?
- Esse pastel aqui... quer dizer, esse garotinho.
- E o meu de frango?
- Na mão!
- Ai, que lindo!
- Ai, que gostoso!

Um comentário:

iuLa disse...

É a sua cara! =D