26 de fev de 2010

Pena de Morte

Fosse eu
Presidente do amor
Seria a favor
De uma constituição
Que nos obrigasse
A morrer de paixão.

6 comentários:

@vitinhobinho disse...

Tocaste a simplicidade de suas palavras. Talvez por ser simples sentir quando se é um amante do amor.=)

Nó! disse...

ah naooo
morrer naoo
eh mto trágico
uahahaha

Lucão disse...

hehehehe
mas morrer de paixão, apesar de ser até meio brega, é também muito bom, Nó.
Eu fico relutante de ser um brega apaixonado, mas aqui, entre nós, paixão faz um bem danado pra um bocado de doença (só pra ver se consigo ser mais brega ainda).
:P

Triste Flor disse...

Uma forma boa de se morrer rs, bjão

Luna Sanchez disse...

Boa!

Lembrei dessa, do Chico :

"Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juíz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz..."


Beijos de sábado, moço.

ℓυηα

Lucão disse...

Concordo, Triste Flor.
uma boa alternativa pra bater com as botas hehehe

Pô, lembrar chico é um orgulho, msm nas devidas proporções heheh
vai ser bom assim lá no meu fone de ouvido, eim chico.
rs

beijos!
:)