22 de fev de 2010

Estrada

Apaixonada
Por um pedaço
De mau caminho
Seguiu sozinha
Cobrindo os buracos
Dessa longa estrada.

8 comentários:

Clarissa disse...

gostei!!

Helena disse...

Caramba, caramba, caramba!
Que beleza, Lucão!
Envolvente a ponto de permitir quase "ouvir" os pensamentos do protagonista.
Intrigante e irretocável, com um toque de suspense que se transforma em deliciosa surpresa, tanto pelo enredo como pelo desfecho.
Perfeita a pitadinha de romantismo e sensualidade do final.
Gostei demais!
Grande abraço!

Sabrina disse...

fosse eu, ]
desistia da jornada.
:)

adorei!

Lucão disse...

Que blz. Valeu Cla!

Helena! Obrigado! que ótimo que tenha gostado. Vou pro próximo mais empenhado :)
ah! acho que vc quis comentar no do Vampiro e comentou no da Estrada, mas não faz mal :) beijos!

Sabrina! Desistir de amar? jamais, srta! Tem coisa melhor não, tem?
:****

Helena disse...

rsrs...
"Acho" que fiz isso mesmo! Troquei tudo!
Mas vou tentar consertar. Deixo o coment aqui (mesmo deslocado.. rs) e o repito lá. Na minha próxima leitura, vou cuidar, prometo!
Sabe pq aconteceu isso, não é?
É só essa mania que a gente tem de seguir o que é lugar comum... E isso me moveu a buscar a janela do coment logo abaixo do texto. Mas pude constatar, a partir de minha primeira visita aqui, que esse espaço, de comum, não tem nadinha!

Grande abraço, Lucão!

Lucão disse...

hehehe ótima explicação, Helena. Fico aqui me "achando" com ela rs
Não precisava se preocupar, aqui tu tb pode fazer o que quiser que não vai levar bronca. Te prometo! hehehe
beijos, srta!

Lucas Gondim disse...

muito bom xará! parabéns. gostei muito.

Luna Sanchez disse...

Ah, estou adorando isso aqui!

Posso puxar um banquinho?

ℓυηα