5 de mar de 2010

Amor Conjugado



Quisera eu saber conjugar, sem defeito, o verbo amar no tempo presente, pra, com você, eu poder conjugar o mais que perfeito amor, eternamente.

19 comentários:

Wevertton disse...

Oii. Achei seu blog, gostei e estou seguindo! Segue o meu blog tambem??

Nó! disse...

desenho de papel de carta x)
aquela coisa que existia antes da internet, na vida das menininhas

Maria Antonieta disse...

Que lindo!

Rubo Medina disse...

Se alguém inventou a síntese foi você, Lucas. E o melhor de tudo, constroi com essa síntese, belíssimas histórias.
Abraços e sucesso.

Lucas Jung® disse...

É...
O verbo amar é um dos mais difíceis de se conjugar. Acima dele ou no mesmo estágio, só os verbos PERDOAR, ENTENDER...

Excelente, Lucão!
Parabéns, rapaz.
Abração e SUCESSO!

Gabriela disse...

Primeira vez que venho no teu blog e contemplo doces palavras poetizadas. O final foi lindo! Parabéns pelo blog e os teus escritos. (:

Nomundodalua disse...

a única palavra que consigo pensar eh: fofo!!!
tudo muito fofinho, a imagem e o texto casarm direitinho! até rimou ó!

super fofinho :)

Alline disse...

Pureza total!

Gostei muito, viu?

Beeeeeijo

Luna Sanchez disse...

Hummmmm...e o outro lá, cantando que ♪ "...amores imperfeitos são as flores da estação..." ♫

Tá por fora, ele. ;)

Beijo, moço.

ℓυηα

Fouad Talal disse...

Valeu Lucão!
Também vou tentar ser mais piedoso!
Agora mais-que-perfeito eternamente só mesmo a hipérbole pra dar conta... rs

Abraços camarada!

Lilian disse...

De arrancar suspiros
*-*
Beijo.

Lilian disse...

De arrancar suspiros
*-*
Beijo.

Lucão disse...

:)
beijos e abraços carinhosos a todos que passam por aqui.
Com tantas palavras gentis e de escritores que gosto tanto fico bem contente.

Lucas Gondim disse...

gostei do texto xará. a idéia dele é bem legal. :)

Mariah disse...

melhor que fique então no gerúndio.

Vera Celms disse...

Que é isso Lucão... assim até eu entro na paixonite... ai ai ... beijokaiai

Sentimental ♥ disse...

não é fácil, mas dá pra aprender juntos, é só querer...

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Quiçá eu conseguisse sair do futuro do pretérito!