26 de mar de 2010

Ocorrência


13 comentários:

Geny Fiorella disse...

Eu acho que estou assim... Digamos... Desequilibrada! Heheh =)
Bjos!

Nó! disse...

os versinhos nas imagens ficam mais bonitinhos x)

gostei bastante

Dai disse...

Lucão,

Ai ai [suspiro]

Já disse que o que você escreve é tudo uma graça?

Pois é.

=*

Sentimental ♥ disse...

queda boa então, tenho certeza q não se machucou...

Mai disse...

Perfeito.
Em poucas palavras o prazer do equilíbrio.

abraços

Johannes Dudeck disse...

Show de bola ^^ ..adorei.

Nomundodalua disse...

é, em cima do meio fio é dificil manter o equilibrio, mas..que bom! hehe :P
esse eu-lírico... :)
namastê!

J. disse...

Terminou por nem ser de fato um acidente...

Beijo.

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

lucão, gostei muito dos seus poemas. curto e grosso, sem palavrório inútil. do cacete!

obs: só de ver a capinha do rage against the machine aí ao lado já valeu!

abraços!

Lucão disse...

Valeu, todos!

Norora!
Vou tentar repetir a dose, mas dá mais trabalho e as vezes falta é tempo. Pode até ficar clichê se não tiver tempo pra arrumar... como esse que postei agora hehehe
mas vou tentar :)

Bacanudos e bacanudas, valeu.
Sempre fundamental e mto querida a presença de vocês.

lírica disse...

...que bonito!

Luna Sanchez disse...

É isso que dá graça à vida, né, guri?

Beijinho.

ℓυηα

Estefani disse...

Tombo bãooo esse hein?! hehe

Beijosss!!!