10 de mar de 2010

Até Voltar








Até o dia

Em que você voltar,
Vou resistir  
À saudade chegar
E obrigar a saudade 
A partir.

10 comentários:

Nó! disse...

opa
esse eu vou anotar

x)

Ferdi disse...

Nossa, que lindo.
E essa imagem junto.. :~

HAHAHAHAHAHAHA, obrigada, mas vou confessar, é tudo photoshop.

Solange Maia disse...

realmente a Mariah (casinha da Mariah) tinha razão... seu blog é fantástico !!!!

linda sua capacidade de síntese... sua delicadeza refinada....

virei fã... risos... e seguidora !

beijos

Alline disse...

Perfeito.

Tás afiado, hein?

Beesijo

Vera Celms disse...

Lucão, meu filhote querido... eu ultimamente não só a mandei embora, como bati nela... muuuuuuuuuito... mas ela é safada, voltou... beijo

Mai disse...

Este texto é quase um hino. Resistência boa é deixar ficar e sentir até quando puder e aguentar.
Porque a saudade é talvez o amargo troféu de quem ama - mas ainda é melhor do que não conjugar este verbo.

Abraço

Luna Sanchez disse...

Sai pra lá, saudade!

\o/

Gostei. Sempre gosto.

Beijo, beijo.

Nomundodalua disse...

E se ainda assim, ela ficar? :/

linda a imagem.. parece desmanchando, feito o seu "eu-lirico" :) :*

Suzi disse...

Huuummmm... não tô podendo...
:))

Mulher: macho da relação disse...

Muito lindo! Adoro poesia que fala de saudade. Parabéns pelo blog!!!