15 de jan de 2010

Acaso






Perdida em seu céu,

Um dia encontrou
O amor entre as nuvens.

5 comentários:

Ana disse...

continua, pow... Que mistério... Quem??? rss... :***

Vera Lin disse...

No mistério...está a beleza de todas as coisas.

Deu de dez Lucão.Beijabraços.

Vera Celms disse...

Singelo isso... voar só é possivel para quem tem asas... voe mesmo Lucão... beijos

Anônimo disse...

Poesia e beleza, parabéns pela sensibilidade!
Abraços, Vanice Ferreira.

Lucão disse...

;)