22 de jan de 2010

Sexo Errado


Durou poucos dias. Mal se conheceram, mal se amaram e acabou. Acabou porque se amaram mal. Na cama, ela tinha limites. Por isso, foi ele que terminou. Na discussão, muito exaltado, deixou claro o motivo: “...E agora eu vou arrumar uma mulher de verdade. Uma que queira fornicar, entende? Uma bem gostosa, que goste do "vuco vuco". Sabe o que é "vuco vuco"? E sexo, você sabe o que é?!”. Com voz serena e bem mais grave do que de costume, ela também resolveu deixar tudo claro: “Eu também quero uma!”. 

6 comentários:

Nó! disse...

uahahahaha
muito bom

com um pouco mais de modernidade, eles poderiam dividir a mesma

Lucão disse...

hahahahaha
dois machos não dá pé.

:P

Lucas Gondim disse...

hahahaha! muito bom.

Larissa Triers Jasse disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.. Adoreiii...

Rubo Medina disse...

Uauuuuu. Tá explicada a razão do rompimento... rs.
Abração.

Vera Lin disse...

Puxa, quanto preconceito! São mais antigos que eu? Cada um na sua ou no seu e onde fica a democracia sexual?
Tenho minha opção, mas preciso entender a do meu amigo ou amigo e
assim vai. Abraços. Vera Lin

Liberdade de ser - é o nome de um conto meu, aliás bastante acessado e lido.